Notícias

Pato Branco, PR °min °max

Autor: Fabrício Soveral

Polazzo propõe a criação de uma política municipal de incentivo ao patriotismo

O Projeto de Lei nº 38/2019, de autoria do vereador Carlinho Antonio Polazzo (PROS), foi aprovado em primeira votação na sessão plenária da Câmara Municipal de Pato Branco, nesta quarta-feira (13). A proposta cria uma política municipal de incentivo ao patriotismo através da execução do hino do município de Pato Branco e Hino Nacional Brasileiro em escolas e outros eventos públicos.

Segundo o vereador, o projeto tem o objetivo de incentivar os cidadãos à valorização dos símbolos nacionais e locais, despertando o sentimento de nacionalidade, civismo e cidadania através da execução de cânticos oficiais.

Pelo projeto, os hinos serão executados em três situações: nas escolas públicas e privadas do município (sempre uma vez por semana), nas competições esportivas realizadas no município e na inauguração de obras públicas. “Em relação às obras é para que o cidadão valorize mais a sua terra, valorize mais o patrimônio público porque a obra pública é do povo e ele deve sentir orgulho ao saber disso”, ressaltou Polazzo.

Carlinho Polazzo (PROS) propõe a execução dos hinos de Pato Branco e do Brasil nas escolas e outros eventos no município

O vereador destaca que a execução dos hinos se dará levando em consideração o bom senso, assim caberá as escolas decidirem as melhores datas e horários, assim como também se será a versão integral ou parcial dos hinos. A mesma decisão sobre as versões dos hinos caberá aos organizadores dos eventos esportivos.

“A ideia é despertar no município de Pato Branco o espírito do patriotismo e os hinos, assim como todos os nossos símbolos cívicos ajudam nesse processo”, comentou o parlamentar.

Sobre uma polêmica recente envolvendo um informe do Ministério da Educação, o vereador Carlinho Polazzo foi enfático ao afirmar não existe nenhuma obrigação nem orientação sobre filmagens das execuções dos hinos nas escolas e que a intenção é simplesmente o “incentivo ao patriotismo”.