Pato Branco, PR °min °max

Marines Boff Gerhardt (PSDB)

Eleito(a) por: 1523 votos
Partido: PSDB
E-mail: maridafarmaciavereadora@gmail.com
Telefone: (046) 99926-2332
PSDB

Últimos requerimentos apresentados:

  • - [2018-04-18]

    Dos vereadores Carlinho Antonio Polazzo- PROS, Marinês Boff Gerhardt – PSDB, Moacir Gregolin – MDB, Rodrigo José Correia – PSC e Ronalce Moacir Dalchiavan – PP, membros da Comissão de Justiça e Redação, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja oficiado ao Executivo Municipal, solicitando ao departamento competente, que emita parecer quanto a aplicabilidade do Projeto de Lei nº 57/2018.

     

  • - []

    Da vereadora Marines Boff Gerhardt – PSDB, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo seja reiterado ofício a Vigilância Sanitária para que informe se está sendo realizada a coleta e destinação final dos medicamentos vencidos em nosso município, conforme preceitua a Lei Estadual n°. 17.211/2012.

  • - [2018-04-16]

    Dos vereadores Carlinho Antonio Polazzo – PROS, Marines Boff Gerhardt – PSDB, Moacir Gregolin – MDB, Rodrigo José Correia – PSC e Ronalce Moacir Dalchiavn – PP, membros da Comissão de Justiça e Redação, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requerendo sejam substituídos os imóveis: Lote Urbano nº. 04 da Quadra 68 localizado na Rua Tamoio, Matrícula nº. 17.283 do 1º Ofício de Registro Geral de Imóveis da Comarca de Pato Branco – PR, e Módulo 24 localizado na Rua Pioneiro Avelino A. Chiochetta, Matrícula n° 50.584 do 1º Ofício de Registro Geral de Imóveis da Comarca de Pato Branco – PR, arrolados ao Projeto de Lei nº 199/2017, que autoriza o Executivo Municipal a repassar imóveis a título de complementação da permuta efetuada com o Senhor Roque José Schwertz e sua esposa Lenir Maria Pozenatto Schwertz. Tal demanda se dá em decorrência do entendimento dos membros da Comissão de Justiça e Redação, uma vez que o imóvel da Rua Tamoio com área de 499,20 (quatrocentos e noventa e nove metros e vinte centímetros quadrados) é de suma importância para que futuramente o Executivo Municipal utilize para a edificação e acomodação de departamento público, associação ou para outra destinação pública visando o bem comum, não sendo pertinente neste caso permutar tal imóvel conforme proposta no projeto de lei em tela, pois é sabido que há uma grande deficiência de imóveis públicos no centro de nossa cidade, o que futuramente poderá dificultar a instalação de órgão de interesse coletivo. Já no que se refere ao Imóvel Urbano Módulo nº. 24, com área de 2.665,13 (dois mil, seiscentos e sessenta e cinco metros e treze centímetros quadrados) localizado na Rua Pioneiro Avelino A. Chiochetta os membros da referida Comissão entendem que o mesmo poderá ser substituído, tendo em vista que há diversos protocolos de solicitação de doação de imóvel públicos com a finalidade industrial conforme preceitua a Lei nº. 1.207 de 3 de maio de 1993, a qual institui normas para a doação de imóveis públicos a atividades industriais e associativas e dá outras providências, logo, de extrema importância destinar o imóvel em epígrafe para atividade industrial. Requerendo ainda seja informado o motivo pelo qual há diferença nos valores de avaliação realizadas pelo Senhor Roque José Schwertz e sua esposa Lenir Maria Pozenato Schwertz cito às fls.29 do projeto de lei 199/2017 em relação a avaliação feita pela Secretaria de Planejamento Urbano cito às fls 06 do mesmo projeto de lei, esta última por sua vez em valores menores que a avaliação feita pelo Senhor Roque e sua esposa Lenir. Diante da análise minuciosa e criteriosa dos vereadores, frisa-se a importância da substituição dos imóveis aqui em evidência, visando assim garantir o direito tanto do Senhor Roque José Schwertz e sua esposa Lenir Maria Pozenatto Schwertz, os quais receberão imóveis com valores atinentes a Chácara nº. 115-H, constante da Matrícula nº. 24.147 do 1º Ofício de Imóveis da Comarca de Pato Branco –PR, como da própria administração pública que futuramente poderá precisar de terreno na área central visando melhorias no atendimento dos interesse sócias, e terá o terreno da Rua Tamoio à sua disposição, e ainda, será preservado e garantido o direito de todos que estão buscando a doação de um imóvel urbano para desenvolver atividades industriais, destinando assim corretamente o Imóvel Urbano Módulo 24 aqui já citado.

Últimas indicações apresentadas: